A doença, que afeta cerca de 14 milhões de brasileiros

A doença, que afeta cerca de 14 milhões de brasileiros, segundo dados da Federação Internacional de Diabetes, dificulta a produção de insulina pelo pâncreas, necessária para o bom funcionamento do organismo humano.

Os participantes que beberam de duas a três xícaras por dia de café filtrado apresentaram um risco 60% menor do que os disseram ingerir menos de uma xícara inteira de café filtrado diariamente.

Lin Shi, pesquisador e principal autor do estudo, informou, em nota, que a obtenção de informações por esse método é mais precisa do que os métodos tradicionais: “A metabolização é uma ferramenta fantástica, não apenas para capturar a ingestão de alimentos e bebidas específicos, mas também para estudar os efeitos que essa ingestão tem no metabolismo das pessoas.

“Mas foi demonstrado que, quando você filtra o café, os diterpenos são capturados no filtro.

O que é diabetes?

Diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo.

insulina é um hormônio que tem a função de quebrar as moléculas de glicose(açúcar) transformando-a em energia para manutenção das células do nosso organismo.

O diabetes pode causar o aumento da glicemia e as altas taxas podem levar a complicações no coração, nas artérias, nos olhos, nos rins e nos nervos. Em casos mais graves, o diabetes pode levar à morte.

O que é o pré-diabetes?

Pré-diabetes é quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos do que o normal, mas ainda não estão elevados o suficiente para caracterizar um Diabetes Tipo 1 ou Tipo 2. É um sinal de alerta do corpo, que normalmente aparece em obesos, hipertensos e/ou pessoas com alterações nos lipídios.

Esse alerta do corpo é importante por ser a única etapa do diabetes que ainda pode ser revertida, prevenindo a evolução da doença e o aparecimento de complicações, incluindo o infarto.

No entanto, 50% dos pacientes que têm o diagnóstico de pré-diabetes, mesmo com as devidas orientações médicas, desenvolvem a doença.

A mudança de hábito alimentar e a prática de exercícios são os principais fatores de sucesso para o controle.

Sintomas do diabetes tipo 1:

  • Fome frequente;
  • Sede constante;
  • Vontade de urinar diversas vezes ao dia;
  • Perda de peso;
  • Fraqueza;
  • Fadiga;
  • Mudanças de humor;
  • Náusea e vômito.

Sintomas do diabetes tipo 2:

  • Fome frequente;
  • Sede constante;
  • Formigamento nos pés e mãos;
  • Vontade de urinar diversas vezes;
  • Infecções frequentes na bexiga, rins, pele e infecções de pele;
  • Feridas que demoram para cicatrizar;
  • Visão embaçada.

Veja também: Como ganhar na lotofacil